Primeira edição do Programa "Todos Damos"

Apoiar projetos e instituições de solidariedade social nas várias geografias, através de iniciativas que envolvam os colaboradores numa ação direta, e não exclusivas, nem centralizadas, na decisão do Conselho de Administração, foi o objetivo da criação do Programa “Todos Damos” em 2015.

Todos os anos, os colaboradores das empresas do Grupo Teixeira Duarte podem recorrer ao “Todos Damos” para verem reforçados os seus apoios a instituições, uma vez que as empresas juntam ao valor dos seus donativos duas vezes a quantia com a qual contribuem diretamente.

Início da atividade do Grupo no Qatar, através da TDGI

Concretizando uma prospeção já em curso desde 2013, foi em 2015 que a TDGI constituiu, conjuntamente com a "PETROSERV" – empresa local com mais de 30 anos na área dos serviços associados ao setor do Oil and Gas – uma entidade local denominada "TDGISERV", através da qual se ganhou um contrato para a Manutenção de Instalações e Equipamentos de um lote de edifícios pertencentes à "QATAR FOUNDATION". Este contrato incluiria a manutenção de um vasto conjunto de património, no qual se destacam o novo Hospital Sidra Medical and Research Center, o Al Shaqab Equestrian Centre, bem como outros edifícios e instalações técnicas de apreciável dimensão. Foi o primeiro de outros importantes contratos com entidades de renome e de grande capacidade financeira.

Alienação de duas unidades hoteleiras em Portugal

Numa boa oportunidade de negócio, o Grupo alienou, em dezembro de 2015, as suas participadas "EVA - Sociedade Hoteleira, S.A." e "ROCHORIENTAL – Sociedade Hoteleira, S.A.", proprietárias de dois hotéis no Algarve, respetivamente em Faro e na Praia da Rocha, passando a atuar neste setor em Portugal com as mesmas duas unidades hoteleiras que prossegue hoje:

  • LAGOAS PARK HOTEL, Oeiras: Unidade de quatro estrelas 182 quartos
  • SINERAMA, Sines: Unidade de três estrelas 105 quartos

Redução do volume de negócios e penalização dos resultados

Entre 2015 e 2018, fruto, essencialmente, da desvalorização das moedas em mercados relevantes da atuação das empresas do Grupo Teixeira Duarte e das fortes quebras dessas economias, designadamente em Angola e na Venezuela, bem como das imparidades resultantes da desvalorização da participação no BCP.

X