A inovação colocava a Teixeira Duarte no topo da tecnologia de então, competindo com as grandes empresas internacionais da época, designadamente belgas, como a Franki.

Exemplo disso foi a introdução da tecnologia de estacas moldadas no solo, em alternativa às estacas cravadas de madeira, que foi utilizada nas fundações do Novo Corpo Central do Palácio do Congresso (atual Assembleia da República) em 1934, nas fundações da nova igreja da Av. da Berna (Igreja de Fátima) e nas fundações da Casa da Moeda, em Lisboa e assinalada na Patente de Invenção nº19.640: "Sonda-cravadeira para cravar tubos em terrenos compressíveis, com sondagem simultânea", concedida ao Engenheiro Ricardo Esquível Teixeira Duarte em 1938.

X